Associação dos Produtores e Comerciantes de Sementes e Mudas do Rio Grande do Sul

Quinta-feira, 15/11/2018. Boa tarde. Seja Bem-vindo(a)!

Bolsa de Sementes

Consulte aqui a disponibilidade de sementes de nossos associados.

Legislação

Consulte aqui a legislação sementes/agrícola.

Associados

Área Restrita.

Esqueceu a senha?

Evento debate novo Código Florestal Brasileiro - 17/09/2012

Para Eduardo Condorelli, consultor ambiental da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul), a briga envolvendo o novo Código Florestal Brasileiro é política, e não técnica. Ele palestrou no dia 12 de setembro em Santana do Livramento, durante o I Encontro de Produtores de Sementes do RS e Treinamento de Responsáveis Técnicos.

Condorelli destacou a importância do setor agropecuário para o Brasil, sendo que a taxa de crescimento da produção de alimentos é maior que o da população no país. Ele ressaltou as principais alterações trazidas pelo novo código, como as normas acerca das Áreas de Preservação Permanente (APPs) e Reservas Legais. Segundo o palestrante, ainda que o código seja mais uma questão econômica do que ambiental, o meio ambiente deixou de ser um debate exclusivo dos ambientalistas.

A Medida Provisória 571 do Código Florestal, cuja votação pela Câmara está prevista para o dia 18 de setembro, ainda dependerá da aprovação da presidente Dilma Rousseff. O consultor da Farsul destacou que esta MP tem vida útil até 8 de outubro, e caso prescreva, não poderá haver outra até janeiro de 2013.

Ainda no dia 12 de setembro, o fiscal federal agropecuário Odalniro Irineu Paz Dutra apresentou as estatísticas referentes à produção de sementes no Rio Grande do Sul, com destaque para a evolução de áreas inscritas e novas cultivares de espécies forrageiras, como a aveia preta.

No mesmo dia, o diretor técnico e administrativo da Fundação Pró-Sementes, José Hennigen, apresentou os serviços prestados pela instituição. Já Victor Sommer, coordenador da unidade de cultivos de verão da Fundação, mostrou os resultados dos Ensaios de Cultivares em Rede desenvolvidos com cultivares de soja em áreas de arroz do RS. Os resultados desses experimentos estão disponíveis no site www.cultivares.com.br.

O evento também teve a participação de representantes da Monsanto, que falaram sobre a nova tecnologia para a soja, a Intacta RR2 Pro. De acordo com o gerente de tecnologia de soja da empresa, Guilherme Lobato, a produção de soja Intacta, na próxima safra, deve continuar a ser feita em ambientes de alta proteção para garantir que nenhum grão saia do Brasil, a exemplo do que aconteceu no ciclo 2011/2012. Ele reforçou que o lançamento comercial só ocorrerá mediante a liberação da China. Caso isso não aconteça, a produção será destruída, como ocorreu na última safra, quando foram realizados experimentos em 500 áreas do Brasil.

O I Encontro de Produtores de Sementes do RS e Treinamento de Responsáveis Técnicos foi promovido pela CSM/RS (Comissão de Sementes e Mudas do Rio Grande do Sul) e do SEFIA/SFA/RS (Serviço de Fiscalização de Insumos Agrícolas/Superintendência Federal de Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul), com o apoio da APASSUL (Associação dos Produtores e Comerciantes de Sementes e Mudas do Rio Grande do Sul) e da Fundação Pró-Sementes de Apoio à Pesquisa. O evento aconteceu entre os dias 10 e 13 de setembro em Santana do Livramento.

Rua Apassul, 10, Bairro São Geraldo
Passo Fundo - Rio Grande do Sul - CEP 99025-130
Fone: (54) 3314-1799 / Fax: (54) 3314-6123
apassul@apassul.com.br