Associação dos Produtores e Comerciantes de Sementes e Mudas do Rio Grande do Sul

Quarta-feira, 28/06/2017. Boa noite. Seja Bem-vindo(a)!

Bolsa de Sementes

Consulte aqui a disponibilidade de sementes de nossos associados.

Legislação

Consulte aqui a legislação sementes/agrícola.

Associados

Área Restrita.

Esqueceu a senha?

Colheita da soja se intensifica no Rio Grande do Sul - 24/03/2015

A colheita da soja começa a tomar impulso no Rio Grande do Sul, aumentando dez pontos percentuais nesta última semana, alcançando 15% da área total semeada no Estado, com outros 25% em condições de serem colhidos. Conforme o Informativo Conjuntural da Emater/RS-Ascar, neste final de ciclo da cultura tem se observado aumento na incidência da ferrugem asiática nas lavouras, obrigando os produtores a diminuírem o intervalo entre as aplicações, não conseguindo controlar com total eficiência esta doença.

Além da ocorrência da ferrugem nas lavouras de soja, foi possível observar grande retenção foliar por parte das plantas em final de ciclo. Segundo técnicos da Emater/RS-Ascar, dois fatores contribuíram para esta retenção: primeiro, a grande incidência de doenças radiculares impulsionadas pelo clima úmido e quente; segundo, pela baixa quantidade de chuvas que vem ocorrendo nesta parte final do cultivo. Somadas, ambas indicam pequenas alterações nas produtividades projetadas pelos produtores no meio do ciclo da cultura. Entretanto, esta quebra na expectativa dos produtores em nada altera a projeção de uma excelente safra para o Estado, que deverá colher mais de 14 milhões de toneladas do grão.

Com os preços aquecidos pela desvalorização do real, a saca de 60 kg de soja foi negociada a cotações que variaram entre um mínimo de R$ 61,50 e um máximo de R$ 66,00, dependendo da praça consultada. O preço médio em âmbito estadual ficou em R$ 63,77, uma variação de +5,18% em relação ao preço da semana passada.

Com a atenção dos produtores voltada para a soja, a colheita do milho aumentou apenas quatro pontos percentuais em relação à semana passada, atingindo atualmente 58% do total. Os resultados seguem surpreendendo positivamente os produtores. Até mesmo em áreas não irrigadas, os rendimentos superam a marca de dez mil quilos. Lavouras que foram plantadas mais tarde que o convencional e ainda se encontram na fase de formação de grão também apresentam ótimo desenvolvimento e elevado potencial produtivo. Atualmente, a cotação da saca de 60 kg de milho registrou estabilidade em relação à semana passada, fixando-se em R$ 23,33.

Fonte: Emater/RS - Ascar

Rua Apassul, 10, Bairro São Geraldo
Passo Fundo - Rio Grande do Sul - CEP 99025-130
Fone: (54) 3314-1799 / Fax: (54) 3314-6123
apassul@apassul.com.br