Associação dos Produtores e Comerciantes de Sementes e Mudas do Rio Grande do Sul

Quinta-feira, 15/11/2018. Boa tarde. Seja Bem-vindo(a)!

Bolsa de Sementes

Consulte aqui a disponibilidade de sementes de nossos associados.

Legislação

Consulte aqui a legislação sementes/agrícola.

Associados

Área Restrita.

Esqueceu a senha?

Evolução da safra de grãos é satisfatória, segundo técnicos da Emater/RS-Ascar - 22/01/2013

Conforme informações divulgadas na quinta-feira (17/01), no Informativo Conjuntural da Emater/RS-Ascar, a evolução da safra de grãos de verão 2012/2013 é satisfatória no Rio Grande do Sul. As condições climáticas, até o momento, têm beneficiado o desenvolvimento das lavouras de milho, feijão, soja e arroz no Estado.

Em algumas áreas produtoras de feijão - cultura que se encontra, majoritariamente, na fase de colheita -, a produtividade média tem se mantido acima da estimativa para o Rio Grande do Sul, com os grãos apresentando boa qualidade comercial. A exceção fica por conta de lavouras localizadas na Zona Sul do Estado, onde foram registradas perdas em decorrência do frio na época da floração e também da queda de granizo. As lavouras tardias não foram tão afetadas e conseguiram se recuperar, formando novas flores e, consequentemente, novas vagens.

O mercado continua sendo abastecido por feijão oriundo da China e com preços competitivos. Os produtores gaúchos estão recebendo bons preços nos negócios realizados, com a saca de 60 kg do feijão-preto cotada em R$ 111,33, valor 30,8% acima da média geral histórica. O valor máximo negociado na semana chegou a R$ 138,00 por saca no município de Lajeado.

As condições climáticas têm favorecido a cultura do milho, com as lavouras recebendo bom aporte de umidade nos últimos 30 dias e apresentando desenvolvimento adequado. Em algumas localidades, as produtividades estão acima das estimadas inicialmente, com lavouras obtendo em torno de 8 t/ha. No momento, 16% das lavouras de milho estão no estágio de floração, 33% em enchimento de grãos e 10% já colhidos.

A evolução da cultura do arroz também é satisfatória, segundo informações de técnicos da Emater/RS-Ascar das principais regiões produtoras no Rio Grande do Sul. De maneira geral, as lavouras começam a entrar em fase de floração de forma mais intensa, atingindo 18% no Estado. Em algumas áreas da Fronteira Oeste e da Campanha, esse percentual beira os 50%. O volume de reservatórios e mananciais hídricos tem sido suficiente para a irrigação das lavouras de arroz. No momento, os orizicultores dedicam-se ao controle de pragas e moléstias.

A soja é outra cultura que apresenta bom desenvolvimento vegetativo devido ao clima de bastante umidade e insolação. Algumas áreas no Norte do Estado, foram registrados problemas relacionados à incidência da buva, que está se tornando um inço agressivo e de difícil controle. Nas lavouras plantadas mais no cedo, os cultivares precoces começam a entrar na fase de florescimento, com 15% da área total semeada no Estado nessa situação.

Fonte: Emater/RS-Ascar

Rua Apassul, 10, Bairro São Geraldo
Passo Fundo - Rio Grande do Sul - CEP 99025-130
Fone: (54) 3314-1799 / Fax: (54) 3314-6123
apassul@apassul.com.br